Dica Speed

   

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Aclimatação

 

Nessa época do ano, fica muito difícil treinar pela manhã, não é mesmo?

 

O calor acaba influenciando o nosso desempenho, por uma série de fatores.

 

Será que treinar forte, mesmo com o calor forte, é a melhor opção?

 

Será que nos aclimentaremos dessa forma? Dificilmente.

 

Primeiramente, não vamos no esquecer do princípio da individualidade biológica, ok?

Ou seja, cada pessoa responderá de uma maneira. Porém, dificilmente veremos alguém fugir muito do que será falada abaixo:

 

A alimentação, seja ela a qualquer tipo de condição atípica e limitadora, depende da exposição a tal situação, por um  tempo no mínimo considerável.Falando especificamente do calor, são muitas as adaptações  fisiológicas necessárias para que o indivíduo efetivamente se aclimate a ele. Normalmente, os atletas amadores só são  submetidos  ao calor na   hora do treino, ficando afastado dele por um período  posterior considerável (por mais que a temperatura continue alta durante o dia, uma parcela enorme  desses atletas passa o restante do nictêmero em ambientes com temperaturas mais amenas). Sendo  assim, apenas o treino acaba prejudicado, pois só ele foi realizado durante o período de forte calor.

 

Para uma real adaptação, estima-se que sejam necessárias até 4 vezes por semana. E o período necessário para a aclimatação plena pode ser de algumas semanas, dependendo década organismo. É claro, existem organismos que respondem mais rapidamente (normalmente pessoas bem condicionadas), mas dificilmente o período necessário fugirá disso.

 

Tendo isso em vista, o ideal é buscarmos realizar uma boa hidratação durante os treinos, e usar roupas leves e que facilitem a evaporação do suor, proporcionando uma termorregulação adequada.

 

Bons treinos!

 

Por Raphael Gonçalves

 


 

 

O Que Fazer Após Uma Corrida?

 

Essa pergunta merece uma reflexão...

 

Várias informações são passadas, tais como, você deve alongar, fazer massagem, crioterapia, correr de forma leve, natação, yoga, não deve fazer nada, essas são algumas das orientações, ou melhor, são as frases que sempre ouvimos.

 

Mais o que realmente vale a pena fazer após uma prova, tanto no dia, quanto nos dias seguintes?

           

A massagem pós-evento pode reduzir a tensão muscular, estimular o relaxamento e diminuir o tempo de recuperação. O uso da crioterapia visa a diminuir os sinais da resposta inflamatória.

 

Essas parecem ser boas orientações mais muito disto ainda esta em pesquisa. E que se sabe que atividades de baixa intensidade e que não aumentem o stress muscular e fisiológico podem ser usadas no dia e após para relaxar e para dar sequência aos treinos e novas metas.

 

Alongamento sempre de forma leve e gradual evitando maiores tensões e visando alongar e não ir além do ponto, o que significa que não é necessário fazer o alongamento com a aquela sensação de dor muscular.

 

Crioterapia muito usada após provas longas, em outros esportes e em provas de Triathlon para trazer o relaxamento e combater mecanismos fisiológicos inflamatórios, contudo pesquisas para estabelecer conclusões ainda são necessárias, mais de forma geral trazem uma sensação de alívio relaxamento.

 

A Massagem quando feita por um profissional capacitado e com o objetivo de relaxamento e redução de pontos de tensão pode ser bastante interessante para trazer o alívio das dores.

 

Mais o que fazer nos dias seguintes? Geralmente treinos leves com baixo volume e intensidades baixas são indicados, para isso consulte seu professor. A Natação, a Yoga entre outras atividades são indicadas, mais devem ser levados em consideração como está o desgaste muscular e físico de uma forma geral, pois apesar destas atividades serem de menor impacto e menos vigorosas elas podem também trazer uma intensidade não desejada e com isso podem se tornar inadequadas. E levar em consideração se você esta acostumado a fazer essas atividades.

 

O mais importante é já ter um planejamento pós-corrida para que novas metas e provas já estejam estabelecidas para que você possa fazer desta semana pós-corrida uma semana que seja de recuperação que permita com que você não sofra sobrecargas de treino que ela permita que suas metas sejam cumpridas, pois a recuperação também faz parte do treinamento, principalmente para que você possa conseguir atingir suas metas com qualidade e segurança.

 


 

 

A importância do entendimento das diferenças do treinamento e a participação do Professor/Treinador para o sucesso.

 

Quando nos preparamos para uma prova, é comum ficarmos ansiosos. Quando temos amigos treinando para as mesmas provas, é natural que surjam dúvidas, comparações e questionamentos entre os treinos de cada um.

 

Com certeza dúvidas como as listas abaixo já pairaram sobre sua cabeça:

 

- Por que meu treino é diferente?

 

- Será que o volume do meu treino está correto?

 

- Estou treinando muito ou pouco?

 

- Por que nossos treinos não são os mesmos?

 

Diríamos que estas dúvidas são normais, fazem parte e um princípio que explica tudo isso é o da individualidade biológica, ou seja, cada indivíduo é único, questões fisiológicas e psicológicas serão cruciais para que o treinador possa moldar o processo de treinamento e fazer as escolhas dos tipos de treinos, do volume e das demais variáveis.

 

Várias pessoas podem ser expostas ao mesmo tipo de estímulo, e cada uma pode ter uma resposta diferente. Baseado nisso, no conhecimento sobre nossos alunos adquirido nos treinamentos anteriores e ao longo das relações que temos com vocês, nossos treinadores elaboram um programa INDIVIDUALIZADO, considerando o ponto em que cada um está. Traçando com isso, a melhor estratégia para chegar ao objetivo final.

 

Temos a premissa de elaborarmos o treinamento com embasamento, preocupação, responsabilidade, sensibilidade, e principalmente, muito carinho! Quando tiver alguma dúvida, conte sempre com o seu treinador e com a Speed como um todo.

 

Dúvidas são fundamentais e fazem com que todos possam evoluir.

 

Como coordenador da Equipe Speed peço sempre a todos que busquem nossos Professores e conversem sobre suas dúvidas e questões.

 

Vamos seguir com o treinamento focado nas metas e objetivos.

 

Por: Raphael Gonçalves e Equipe Speed.